2ª VIAconta água
Home do Site SAAE Pedreira

Setor Operacional

(19) 3853-3105

(19) 3852-3508

Setor Administrativo

(19) 3852-4653

(19) 3852-4654

Resumo

Atualização do Portal

16/09/19 23:00h

NOTÍCIAS & OBRAS

Audiência Pública discute construção de barragens em Pedreira e Duas Pontes

quarta, 30 de setembro de 2015

Através de Edital de Convocação, o Conselho Estadual do Meio Ambiente estará promovendo três Audiências Públicas para apresentar o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto ao Meio Ambiente – EIA/RIMA do empreendimento “Barragens Pedreira e Duas Pontes”, de responsabilidade do Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE.
Pedreira estará sediando a 2ª Audiência Pública, programada para o dia 15 de outubro, às 17 horas, na sede da Câmara Municipal de Pedreira, localizada na Rua Professor João Alvarenga, nº 75. Centro.
A cópia do EIA/RIMA “Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto ao Meio Ambiente”, encontram-se a disposição dos interessados, para consulta, até o dia 3 de novembro de 2015, na sede da Biblioteca Pública “João Luis Alvarenga”, localizada na Rua: Odavilson Uttembergue, nº 111, Parque Industrial, ao lado do Centro de Eventos “Monsenhor Nilo Romano Corsi”, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 14h às 17h.
O prefeito Carlos Evandro Pollo ressalta que de acordo com o Governo do Estado, a Barragem de Pedreira ocupará área de 4,3 quilômetros quadrados nas cidades de Pedreira e Campinas, com capacidade de armazenamento para 26 milhões de metros cúbicos de água e vazão regularizada de 7,3 metros cúbicos por segundo. Já a barragem de Duas Pontes, no Rio Camanducaia, terá capacidade para 41 milhões de metros cúbicos e ocupará uma área de 7,6 quilômetros quadrados em Amparo, com vazão regularizada de 6,5 metros cúbicos por segundo. “O orçamento para construções das barragens está estimado em R$ 700 milhões, enquanto que a viabilidade do sistema adutor deve girar em torno de outros R$ 300 milhões. Os projetos devem contar com verbas dos governos Estadual e Federal”, destaca o Professor Carlos.
Glauco Mazzetto – Jornalista (ASCOM – Assessoria de Comunicação)
Prefeitura Municipal de Pedreira

Comente e participe:


Redes de água e de emissário se rompem e provocam abertura de cratera em trecho urbano da SP-95

quarta, 23 de setembro de 2015

Uma cratera se abriu na Via Marginal – trecho da Avenida Antonio Serafim Petean – sentido bairro-centro, na última sexta-feira, dia 18, causada pelo rompimento das redes do emissário de esgoto – 400mm – e de água de 2”, que passam ao lado do leito carroçável desta movimentada via (trecho urbano da SP-95). O buraco que se abriu tinha mais de 3,5 metros de diâmetro e uma boa profundidade, segundo relatou o diretor-administrativo do SAAE, Nelson Antonio Cremasco. Com o "afundamento" do asfalto, a empresa que executa as obras de duplicação e os técnicos da Autarquia interditaram uma boa parte da pista, que também contou com a presença de uma guarnição da Guarda Municipal, para ajudar na sinalização e orientação, procurando evitar que os motoristas chegassem próximo a cratera e aumentassem, com a trepidação, o buraco.
Numa avaliação inicial, o diretor-administrativo do SAAE, Nelson Cremasco, relatou ao prefeito Carlos Pollo - acompanhou atentamente, em boa parte da manhã, os trabalhos de recuperação da rede de água e do emissário de esgotos - que a rede de água se rompeu primeiro e com a pressão acabou solapando uma boa extensão da avenida e abriu a cratera. Depois, houve a ruptura do cano de 400mm, do emissário de esgoto, possivelmente pela movimentação da terra e pela passagem intensa de veículos pesados. Informou ainda ao prefeito Carlos que esse emissário é o responsável pela destinação dos detritos de mais da metade da Cidade para a Estação de Tratamento de Esgoto. Com as redes de água e esgoto rompidas, houve paralisação na distribuição de água em vários pontos do Município. O abastecimento só foi restabelecido na tarde do sábado, dia 19 de setembro.
Com os reparos nas tubulações concluidos, foram efetuados também os trabalhos de recomposição do solo no trecho atingido. "O prefeito Carlos Pollo fez questão de cumprimentar os técnicos do SAAE, membros da Guarda Municipal, pelo empenho no desenvolvimento dos serviços de recuperação e de orientação, por ocasião do incidente. Não é fácil atuar em um forte calor e ainda com um movimento intenso na via”, acentuou o prefeito Carlos.
Sidnei Defendi
ASCOM- Assessoria de Comunicação da Prefeitura

Comente e participe:


Água distribuída aos moradores da Rua Antonio Pedro e imediações é de qualidade

quarta, 23 de setembro de 2015

No dia 7 de julho passado, os técnicos da ARES-PCJ fizeram a coleta de amostra na Rua Antônio Pedro, área central da Cidade. Como sempre, realizam o trabalho em dias e horários incertos, para que a avaliação possa ser eficiente, mostrando a realidade da qualidade da água consumida pelos pedreirenses. Submetida à análise de laboratório especializado, a água coletada não apresentou nenhuma irregularidade nos parâmetros avaliados, atendendo plenamente a Portaria 2.914, do Ministério da Saúde, no que tange aos padrões de potabilidade.
O SAAE de Pedreira continua atuando com rigor, monitorando ininterruptamente a captação de água feita do Rio Jaguari e todo o processo de tratamento, para manter a qualidade e a potabilidade da água distribuída à Comunidade. O prefeito Carlos Pollo recebeu, da ARES PCJ, ofício com a avaliação realizada através de amostras colhidas em cavaletes da Rua Antonio Pedro, Área Central, atendendo as exigências da Portaria nº 2.914, de 11 de dezembro de 2011, do Ministério da Saúde. Aliás, verificação que possibilita acompanhar se as normas vêm sendo cumpridas, uma vez que é atribuída a ARES - Agência Reguladora de Saneamento: fiscalizar e analisar periodicamente a qualidade da água distribuída à população do Município.
As amostras coletadas passam por exames físico-químicos e microbiológicos. Nestas análises são apreciadas a cor, turbidez, fluoretação, cloro residual e a quantidade de coliformes totais e fecais. Nos últimos diagnósticos da ARES-PCJ - que fez coletas de amostras em pontos diferentes da Rua Antonio Pedro, em 7 de julho de 2015, às 14h30, com temperatura ambiente de 19 graus, com chuva fina e vento ausente - as análises não apresentaram nenhuma anormalidade, atendendo plenamente aos parâmetros mensurados pela Portaria 2.914, do Ministério da Saúde, garantindo os padrões de potabilidade, ou seja, a água consumida pelos moradores deste Setor é de qualidade. Mensalmente o consumidor recebe os resultados na conta de água.
“A análise feita pela ARES-PCJ vem ratificar os resultados das análises próprias que os técnicos do SAAE Pedreira realizam diariamente no laboratório próprio ou em laboratórios terceirizados. O fato da ARES-PCJ atestar a qualidade da água distribuída à população pedreirense dá ainda mais tranquilidade e certeza do bom trabalho”, enfatizou o diretor-geral da Autarquia Celso José Leite Filho.
“Água potável é a água que pode ser consumida com segurança pela população, apresentando, portanto, características físicas, químicas, biológicas em conformidade com a legislação específica (padrões de potabilidade)”, emendou o prefeito Carlos Pollo, lembrando que “o SAAE garante a qualidade da água distribuída à população até a entrada do imóvel, na estrutura do cavalete, onde existe o medidor de consumo (hidrômetro). A água que o SAAE entrega pela rede de distribuição tem um contínuo controle de qualidade. A manutenção da qualidade da água, nos cômodos internos da residência é dever e responsabilidade de cada morador. Por isso, deve manter suas instalações hidráulicas sempre em bom estado de conservação e limpar a caixa d'água pelo menos duas vezes ao ano. Toda caixa d'água deverá ficar permanentemente tampada e bem vedada”, complementa o prefeito Carlos Pollo.
“A água que chega aos consumidores deve atender aos padrões de potabilidade estabelecidos pela legislação. Por isso, o SAAE, responsável pelo serviço de abastecimento de água da Cidade tem de manter um controle da eficiência do processo de tratamento. Esse trabalho da ARES PCJ dá total credibilidade aos serviços que desenvolvemos desde a captação, passando pelo tratamento e chegando às torneiras dos consumidores”, completou Celso Leite.
Sidenei Defendi
ASCOM- Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Pedreira

Comente e participe:


SAAE procede manutenção em filtro da ETA e substitui bomba

quarta, 16 de setembro de 2015

Os técnicos do SAAE Pedreira – Serviço Autônomo de Água e Esgoto – realizaram, no último dia 15 de setembro, os trabalhos de manutenção no filtro número 1, da ETA – Estação de Tratamento de Água, que vinha apresentando problemas, inclusive no registro geral. Os serviços necessários foram desenvolvidos para que o filtro funcione a contento e possa atender os moradores de diversos bairros da Cidade. Simultaneamente foi efetuada a troca da Bomba de distribuição, do Jardim Triunfo, que apresentava desgaste pelo tempo de uso e já não funcionava dentro dos padrões exigidos. Para que os serviços pudessem ser feitos com perfeição houve a necessidade de se interromper o fornecimento de água para alguns pontos do Município como: Jardim Triunfo 78 e 79, Conjunto Shigueo Kobayashi, Jardim Primavera, Conjunto Rainha da Paz, Jardim Ipê, parte alta da Vila Santo Antônio e parte do Bairro Barbim.
O prefeito Carlos Pollo ressaltou que “o SAAE tem atuado com muita decisão na melhoria dos serviços em prol da população. A manutenção é necessária e não há como realizá-la sem o corte no abastecimento”, salientou o prefeito Carlos Pollo.
O diretor-geral do SAAE, Celso José Leite Filho, por sua vez, adiantou que “o trabalho de limpeza, manutenção no registro e a troca da bomba do Jardim Triunfo são medidas essenciais para manter equilibrada a distribuição de água nestes Setores do Município”.
Ressalte-se que o SAAE informou a população com boa antecedência – desde o dia 11 passado, pela manhã - através de matéria veiculada nos sites e redes sociais da Prefeitura e do SAAE, inclusive solicitando que os moradores das áreas atingidas reservassem água suficiente para suprir as necessidades do dia 15. Reportagem reforçando o pedido foi levada ao ar pelo SRTV Notícias.
De acordo com o diretor-operacional do SAAE Pedreira, Nelson Antonio Cremasco, “os procedimentos desenvolvidos vão aumentar a eficiência do atendimento à Comunidade”.
Texto: Sidenei Defendi
ASCOM- Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Pedreira

Comente e participe:


SAAE Pedreira dá sequência ao “Projeto de Controle de Perdas” com a troca de hidrômetros

quarta, 16 de setembro de 2015

Os técnicos do SAAE Pedreira dão sequência aos trabalhos do “Projeto de Controle de Perdas”. com a troca de hidrômetros”, visando combater as perdas físicas e comerciais no sistema de distribuição de água aos consumidores finais.
A substituição dos hidrômetros é uma das ações planejadas para estimular o uso racional de água. A troca do equipamento quebrado, sem condição de leitura ou com mais de cinco anos instalado, vai permitir a hidrometração efetiva das ligações e reduzir as perdas não aparentes por ausência ou submedição.
Segundo o diretor-geral do SAAE, Celso José Leite Filho, até aqui foram substituídos 228 hidrômetros, com o prazo de validade vencido e com consumo de água médio acima de 15m³ mensal, em razão de dois fatores: a incapacidade de aferição real do consumo (submedição) e a elevada vazão nominal de funcionamento. Com a troca do equipamento pelo modelo de precisão, toda essa água utilizada será registrada, gerando o valor real e justo do consumo. “A mudança de hidrômetros visa reduzir medições imprecisas no consumo de água. O objetivo não é aumentar a conta do usuário, mas detectar a submedição, evitando o desperdício de água e consequentemente, o pagamento irreal pelo consumo”, observou Celso Leite.
O SAAE orienta a população que será necessário identificar o consumo, acompanhando diariamente a quantidade registrada e, se for o caso, adaptar-se a esta nova situação, racionalizando o uso da água. “Uma pequena ação todos os dias, como a economia de água na rotina, com certeza fará uma grande diferença no final do mês", disse o prefeito Carlos Pollo.
O que acontece após a substituição do medidor é o surgimento de pequenos vazamentos internos, que antes não eram registrados pelos hidrômetros imprecisos. A identificação é fácil: se o hidrômetro gira sem parar e não existe consumo no interior do imóvel (torneiras abertas), com certeza existe algum ponto de escapamento após o hidrômetro. Neste caso, o consumidor precisa detectar e sanar o problema, pois o SAAE não realiza manutenções dentro dos imóveis.
O diretor-geral do SAAE, Celso José Leite Filho, enfatiza que “a substituição dos hidrômetros está sendo feita sem custo para os consumidores, pois faz parte da Campanha Contra o Desperdício e Controle de Perdas, implantada pela Autarquia”.
O prefeito Carlos Pollo lembra que “com o passar do tempo, o hidrômetro sofre desgaste na relojoaria interna e passa a cometer erros de leitura, geralmente para menos, e acaba por contribuir para o desperdício de água. Os hidrômetros deveriam ser trocados a cada período de cinco anos, mas devido ao seu alto custo, o SAAE está implementando esse serviço, efetuando, nesta etapa, a troca dos equipamentos que estão apresentando maiores problemas. Esse é um trabalho rigoroso de planejamento, que o SAAE elaborou dentro do Projeto de Controle de Perdas de Água Tratada, com o propósito de ampliar a eficiência da distribuição de água e ao mesmo tempo reduzir as perdas físicas de água”, complementou o prefeito Professor Carlos.
Qualquer dúvida, o consumidor deve se dirigir a sede administrativa do SAAE, localizada na Rua Dr. Moacir do Amaral, 91, Vila São José, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Informações adicionais podem ser obtidas pelos telefones de Atendimento: 115, (19) 3852-4653, (19) 3852-4654, (19) 3852-4283.
Texto original: SAAE
Edição e textos agregados: Sidenei Defendi
ASCOM- Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Pedreira

Comente e participe:


C O M U N I C A D O

sexta, 11 de setembro de 2015

O SAAE DE PEDREIRA, através do Setor Operacional informa que, para a realização dos serviços de MANUTENÇÃO NO FILTRO 3 e da TROCA DE BOMBA DO JARDIM TRIUNFO, pode ocorrer falta de água, NA TERÇA-FEIRA, 15 DE SETEMBRO DE 2015, DAS 7H30 ÀS 10H, nos seguintes locais: Jardim Triunfo 78 e 79; Conjunto Shigueo Kobayashi, Jardim Primavera, Conjunto Rainha da Paz, Jardim Ipê, parte alta da Vila Santo Antonio e parte do Bairro Barbim. Outros bairros próximos poderão ser afetados.
Para evitar transtornos, o SAAE está avisando com antecedência e pede aos moradores destes locais que reservem água para a terça-feira, dia 15 de setembro, utilizando-a de maneira racional.
Assim que os trabalhos forem executados, a distribuição de água potável será restabelecida, podendo demorar mais para chegar às torneiras das casas situadas nas partes altas destes locais.
O SAAE agradece a compreensão, pois está trabalhando para melhorar o abastecimento de todos.
Fone/fax: (19) 38533105 ou 3852-3508
e-mail: diretoriaeta@saaepedreira.com.br

Comente e participe:


 

 

DIGITE SEU E-MAIL E RECEBA NOVIDADES!
OK