2ª VIAconta água
Home do Site SAAE Pedreira

Setor Operacional

(19) 3853-3105

(19) 3852-3508

Setor Administrativo

(19) 3852-4653

(19) 3852-4654

Resumo

Atualização do Portal

16/09/19 23:00h

NOTÍCIAS & OBRAS

Serviço Autônomo de Água e Esgoto divulga balanço dos serviços prestados no mês de Fevereiro de 2018

quarta, 14 de março de 2018

O Departamento Operacional do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Pedreira (SAAE) encaminhou ao prefeito Hamilton Bernardes Junior, o relatório dos serviços desenvolvidos no mês de fevereiro de 2018. No total foram efetuadas 588 ações pelos técnicos da Autarquia.

O diretor operacional, Nelson Antonio Cremasco, informou que foram consertados 56 vazamentos na Rua; 45 vazamentos na Calçada; 64 vazamentos de Cavalete; Foram efetuadas 27 trocas de Registro; Atendidas 16 faltas de Água; 05 por pouca pressão; 12 ligamentos de Água; 08 mudanças de Hidrômetro; 01 suspensão de Cavalete; 190 viagens com o Caminhão Pipa. No setor de Esgoto foram registrados os seguintes atendimentos: 95 desobstruções de Esgoto; 11 novas ligações e 58 limpezas de Fossa.

“O mês de fevereiro, registrou um total de 588 atendimentos do Departamento Operacional do SAAE. Quero cumprimentar nossos técnicos pela dedicação no dia a dia em atender a população com qualidade”, destacou na ocasião o prefeito Hamilton Bernardes Junior.

Para solicitação de serviços a população deve entrar em contato com o telefone: (19) 3853-3105. A sede do Departamento Operacional está localizada na Rua Padre Alexandrino do Rego Barros, nº 200, Vila Santo Antônio.

Comente e participe:


Antonio Ganzarolli Filho e José Moretti Neto participam de Reunião Ordinária do Consórcio PCJ

quarta, 14 de março de 2018

O vereador Antonio Ganzarolli Filho e o diretor Administrativo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) José Moretti Neto, estiveram participando no último dia 07 de março, da 81ª Reunião Ordinária do Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), realizada na cidade de Americana. Entre os assuntos discutidos na reunião, destaque para a situação climática das bacias para a próxima estiagem. Embora a sensação seja de que houve muitas chuvas neste início de ano, o volume de água está abaixo da média histórica. “O SAAE é o responsável pelo abastecimento de água em Pedreira, por está razão devemos acompanhar com atenção a situação das nossas fontes de abastecimento, em especial a vazão do Rio Jaguari”, destacou na ocasião José Moretti Neto. Antonio Ganzarolli Filho esteve representando o Poder Legislativo e enfatizou que o Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí é uma associação de direito privado sem fins lucrativos, composta por municípios e empresas, que tem como objetivo a recuperação dos mananciais de sua área de abrangência. “A base do trabalho da entidade está na conscientização de todos os setores da sociedade sobre a problemática dos recursos hídricos da região, no planejamento e no fomento às ações de recuperação dos mananciais”, ressaltou o vereador Toninho Ganzarolli.

Comente e participe:


Governador Geraldo Alckmin assina contratos para início das obras de construção das barragens de Pedreira e Amparo

quarta, 14 de março de 2018

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin assinou na sexta-feira, dia 9 de março, os contratos para início das obras de construção das barragens de Pedreira, no Rio Jaguari, entre os municípios de Pedreira e Campinas, e Duas Pontes, no Rio Camanducaia, em Amparo. Os novos reservatórios serão construídos abaixo do Sistema Cantareira e têm por objetivo criar uma reserva hídrica estratégica na bacia do Piracicaba, Capivari e Jundiaí. O prefeito Hamilton Bernardes Junior e o vice-prefeito Fábio Polidoro estiveram participando da cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, acompanhados de secretários, diretores e assessores. “O reservatório de Pedreira ocupará uma área de 4,3 quilômetros quadrados, terá capacidade para acumular 31,9 milhões de metros cúbicos de água e disponibilizará uma vazão regularizada de 8,5 mil litros de água por segundo”, destacou Hamilton Bernardes. O reservatório Duas Pontes terá uma área de 8,8 quilômetros quadrados, com capacidade para 53,4 milhões de metros cúbicos e disponibilizará uma vazão regularizada de 8,7 mil litros de água por segundo. As obras, que representam um investimento de R$ 427,1 milhões do Governo do Estado, tiveram como agente financeiro o CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina e serão executadas pelo Consórcio OAS/Cetenco. A previsão é que as obras estejam concluídas em 30 meses. As novas barragens do PCJ beneficiarão mais de 5,5 milhões de habitantes em 23 municípios da região: Amparo, Americana, Arthur Nogueira, Campinas, Campo Limpo Paulista, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jundiaí, Limeira, Louveira, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Piracicaba, Sumaré, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo.

Comente e participe:


Departamento de Água e Energia Elétrica informa que a construção das barragens de Pedreira e Amparo terá início em maio

quarta, 14 de março de 2018

O contrato para a construção de barragens em Pedreira e Amparo, que garantirão a segurança hídrica da região de Campinas, será assinado até quinta-feira, informou o Departamento de Água e Energia Elétrica (Daee), e a previsão é que as obras tenham início em maio. As represas serão implantadas nos rios Camanducaia e Jaguari e reduzirão a dependência da região do Sistema Cantareira. A previsão é que as obras sejam concluídas em dois anos e meio. As duas barragens serão executadas pelo Consórcio BP OAS/Cetenco, formado pelas empresas OAS Engenharia e Construção S.A. e Cetenco Engenharia S.A, que ofereceu o menor preço na licitação internacional que recebeu 18 propostas — R$ 196,09 milhões para a barragem de Amparo e R$ 230,9 milhões para Pedreira, no total de R$ 427 milhões. As obras serão custeadas por um empréstimo internacional de US$ 204 milhões junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), tomado para implantação de um projeto de macrodrenagem em Guarulhos. Parte dessa verba, já autorizada pelo Tesouro Nacional, irá para as represas. De acordo com o projeto, o reservatório de Pedreira ocupará uma área de 2,1 quilômetros quadrados no Rio Jaguari e vai permitir uma vazão regularizada de 9,6 mil litros de água por segundo. O reservatório Duas Pontes, no Rio Camanducaia, deverá ocupar uma área de 4,6 quilômetros quadrados e vai permitir uma vazão regularizada de 9,8 mil litros de água por segundo, segundo o Daee. A barragem no Jaguari exigirá a desapropriação de 33 propriedades, das quais 18 estão em Campinas, e a do Rio Camanducaia, de 30. As desapropriações tiveram início e os recursos para isso estão em orçamento. As áreas que serão inundadas, de cerca de 12 quilômetros quadrados, estão declaradas de utilidade pública. As obras têm a licença ambiental prévia emitida pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema). A outorga da Agência Nacional de Águas (ANA) para a represa de Pedreira foi emitida, mas o Estado ainda não conseguiu para a represa de Amparo, que será feita no Rio Camanducaia. Segundo a agência, para que a água possa ser utilizada, haverá necessidade de melhorar significativamente o tratamento do esgoto das cidades situadas ao longo do rio. A Agência Nacional de Águas (ANA) informou ontem que um novo pedido de outorga para a barragem no Rio Camanducaia foi protocolado e que está em análise pela área técnica da agência.

Comente e participe:


 

 

DIGITE SEU E-MAIL E RECEBA NOVIDADES!
OK